Na cidade de Pedeineiras – SP, um velório foi interrompido porque os amigos e familiares de uma idosa morta acharam que ela estivesse viva. Eles disseram que a mulher até se mexeu no caixão.
O que era para ser um velório comum acabou se transformando em uma confusão. As flores da coroa chegaram a ficar espalhadas pelo chão. O corpo de Maria Aparecida da Silva, de 63 anos, foi retirado às pressas. Tudo porque a doméstica Vaní Morais Ferreira sentiu um aperto de mão da amiga falecida.
O corpo da idosa foi levado para a santa casa de Pederneiras. Os médicos chegaram a fazer uma nova avaliação a pedido da família, mas logo constataram que era realmente um engano e que a mulher já estava morta. O médico que estava de plantão no hospital explicou o mal entendido.
Veja a matéria:

http://anoticiamais.com.br/

O Tribunal regional Eleitoral de Rondônia acaba de cassar o mandato do governador Confúcio Moura (PMDB) e de seu vice, Daniel Pereira (PSB).
O julgamento do governador Confúcio Moura (PMDB) no Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia recomeçou nesta quinta-feira. Confúcio responde por abuso de poder econômico porque seu partido distribuiu comida e guloseimas para os participantes da convenção peemedebista que referendou sua candidatura à reeleição. Por quatro votos a três, corte decidiu cassar o mandato de Confúcio e Daniel.
Pela cassação votaram os juízes Delso Xavier ,  Dimis Bragas (federal) ,  Jorge Gurgel e o desembargador Péricles Moreira Chagas, presidente do TRE. Coube a ele desempatar o resultado.  Pela rejeição da representação eleitoral votaram o desembargador Roosevelt Queiroz Costa e os juízes  Juacy Loura e Antônio Robles. Mas eles foram voto vencido.
Fonte: Tudorondonia



Um vídeo que seria de Sabrina Sato num momento de intimidade foi divulgado na internet nesta terça-feira (03). Nas imagens, a moça que seria a apresentadora aparece deitada numa cama e depois se levanta, mostrando que está apenas de fio dental.


O vídeo mostra o rosto da moça, muito parecido com o de Sabrina. Quando ela se levanta, outro ponto chama atenção é uma tatuagem nas costas, aparentemente o coração que a ‘japa’ tem desenhado no local. As imagens teriam sido feitas por um homem, já que no final do vídeo é possível ver pernas masculinas na cama.


No Twitter, os internautas comentavam o vídeo e até comparavam o suposto bumbum de Sabrina, que aparece no vídeo, ao da atria Paolla Oliveira.


Assista ao vídeo:













ARAUJO ODAIR
O caso Douglas Nascimento que chocou amigos e parentes no ultimo dia 30 de Janeiro de 2015, até agora não se foi feita Justiça para a revolta de todos aqueles que o conhecia. 

Douglas era jovem, tinha 22 anos e iniciaria em fevereiro seus últimos anos de odontologia. Residia em Porto Velho, capital e sempre nas suas ferias escolares procurava passar com a família e os amigos em Alvorada D'Oeste onde passou sua infância. Douglas morreu no dia 02 de Fevereiro em Porto Velho-RO com Traumatismo Craniano. 

Douglas havia saído com Amigos para uma boate em Ji-Paraná, lá, depois de tentar separar uma briga entre duas mulheres, Douglas foi agredido por um segurança, que o arrastou para fora da Boate Império, e depois disso, Douglas não foi mais visto por ali. Amigos buscavam encontrar Douglas, e no amanhecer do dia, Douglas foi encontrado com ferimentos na cabeça e desacordado. 

Foi levado para o pronto socorro de Ji-Paraná e logo transferido para a Capital, aonde veio a óbito. Família e Amigos não se conformam com tamanho descaso da justiça no caso de Douglas. 
Há mais de 30 dias e nenhuma decisão tomada. Amigos e parente de Dodô ( como era chamado por amigos mais íntimos) gritam por Justiça. "Se for para fazer um apelo que seja por uma coisa que nos faz pensar e nos traz indignação, me refiro ao andamento das investigações que até agora não deu parecer de nada”... (Tiago Amaral, amigo).
"Queremos Justiça, o culpado por essa covardia tem que pagar.” (Katiulle Resende e amigos do Douglas). Esperamos ansiosamente providências, e pedimos encarecidamente as Autoridades cabíveis, que se faça valer a Justiça no Brasil, pra que por mais triste e dolorosa que seja a morte de Douglas Nascimento não seja só mais um número no ranking da violência que só aumenta a cada dia.


Franciele Resende 
Jornalista MT 1331



Condenado por crime financeiro e lavagem de dinheiro, ele terá que pagar multa de 3 mil salários mínimos.

A Justiça Federal condenou o empresário Luciano Hang, proprietário das lojas Havan, a 13 anos, nove meses e 12 dias de reclusão e ao pagamento de uma multa de R$ 1,245 milhão por crimes contra o sistema financeiro nacional e de lavagem de dinheiro.


O empresário pode apelar em liberdade ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. A sentença é da Vara Federal Criminal de Florianópolis e foi enviada nesta sexta-feira ao Ministério Público Federal (MPF), autor da denúncia.

De acordo com a denúncia do MPF, o empresário teria mantido depósitos no exterior sem declaração aos órgãos de fiscalização nacionais. Os depósitos teriam sido feitos em nome de empresas que, segundo a Receita Federal, pertenceriam à Havan, além de outros em nome próprio.

Ele teria tido a colaboração de outros dois funcionários, um que autorizava os depósitos, José Luiz Paza, e outro que os efetuava, Nilton Hang. Ambos também foram condenados, mas têm direito de apelar em liberdade.

Luciano Hang e José Luiz Paza não poderão exercer função pública pelo dobro do tempo da pena privativa de liberdade. A condenação também se refere à lavagem de dinheiro, por ocultação de valores supostamente obtidos mediante condutas ilícitas.

O advogado do empresário, Marcos Grützmacher, disse que não tinha conhecimento da sentença e não quis se manifestar. A advogada Regiane Moresco, que defende o empresário Luciano Hang, e os funcionários Nilton Hang e José Luiz Paza, não quis comentar a decisão de primeira instância.


Por: DIÁRIO CATARINENSE


Relato da viagem de dois paulistas açoitados pela crise hídrica à maior cheia da história do estado amazônico





Por Laura Capriglione

Da Ponte

Enquanto o sudeste angustia-se com reservatórios de água em situação crítica, e dá boas vindas às águas de março, o Estado do Acre, no extremo oeste do país, vive realidade absolutamente oposta. O nível do rio Acre atingiu os 17,80 metros na segunda-feira (2/03), em Rio Branco, a capital. Com a cheia histórica, o rio bateu seu próprio recorde de altura, obtido em 1997, quando cravou a cota de 17,66 metros acima do leito normal.

Já se contam mais de 8.000 desabrigados em todo o Estado, 5.450 apenas na capital, divididos em cinco abrigos públicos. A cheia atinge 40 dos 212 bairros da cidade. E as águas não param de subir.

Nas ruas, no comércio, o Acre só fala nisso. Em períodos normais de chuvas, o rio sobe de seis a oito metros. Nas estações secas, desce três metros.

“Eu nunca vi uma situação como esta”, disse Raimundo Nonato da Silva, 85 anos, seringueiro aposentado, que perdeu tudo na atual cheia.

Com o nível do rio subindo dia após dia, Raimundo foi pouco a pouco subindo as coisas de casa. A televisão foi para cima do armário, a geladeira ficou deitada em cima da mesa, roupas escalaram os ganchos mais altos da rede.

Mas a cheia do rio surpreendeu e ultrapassou o teto da casa do seringueiro, no bairro 6 de Agosto –nesta segunda-feira quase totalmente submerso. Isso apesar de a casa ficar em cima de palafitas.

Raimundo só saiu no último instante, quando um bote de resgate da Defesa Civil do município propôs-lhe a derradeira chance de ainda tentar a retirada de umas coisinhas, agora pelo telhado da casa. Não deu tempo.

O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), decretou no domingo o estado de calamidade pública. Estado e município cancelaram as atividades normais do funcionalismo e pediram a todos os servidores públicos que ajudem na assistência aos desabrigados.

O Acre está assustado com a cheia inédita, mas está também encantado com o espetáculo promovido pelo rio amazônicos.

No domingo, enquanto o rio Acre subia rapidamente, e engordava, avançando sobre o calçadão da Gameleira, um dos principais cartões postais de Rio Branco, milhares de moradores saíram de suas casas para apreciar o espetáculo da corredeira.


Carrinhos vendendo pipocas verdes, amarelas e vermelhas, as cores da bandeira do Acre, disputavam terreno com camelôs que ofereciam balões coloridos do Mickey, dos Angrybirds, de Minions (R$ 10 cada).

Meninos jogavam-se no rio feroz e cheio de galhos arrancados das florestas por onde passou. Eram arrastados até a ponte velha, de lá emergindo. E, de novo, jogavam-se no rio. E, de novo.

Os ricos exibiam-se em acrobacias a bordo de jet skis.

“É triste ver as pessoas perderem tudo com a cheia do rio, mas que é bonito ver essa força das águas, ah, isso é!”, disseram, com variações pequenas, todas as pessoas que entrevistamos.

“Trata-se de uma outra relação com o rio, com a natureza, com os ciclos da vida”, explicou–nos a irmã Maria Amélia, uma freira católica gaúcha que morou em São Paulo durante oito anos. Ela também se admirava com o espetáculo fluvial, enquanto conversava com outra freira, traçando planos de viagem para Brasiléia, na fronteira com a Bolívia, para ajudar os desabrigados de lá.

Banhada pelo rio Acre, Brasiléia é um município difícil de definir, por causa das incríveis contradições que contém. É por lá que entram os haitianos trazidos por coiotes (especialistas em tráfico de gente). São centenas (já foram milhares) esperando a documentação de refugiados no posto da Polícia Federal.

Também se veem cholas e bolivianos em geral andando pelas ruas, sempre acompanhados por suas famílias. Provêm do vizinho município de Cobija, onde se pode comprar muambas variadas, já que possui uma zona franca à moda de Ciudad Del Leste, no Paraguai. “Chegou Notebook — HP, Asus, Apple, Celulares”, lê-se à guisa de boas vindas, na fronteira.

Separados de Brasiléia apenas pelo rio Acre, os bolivianos pobres de Cobija percorrem as ruas brasileiras, investigando o lixo que os acrianos jogam fora. Reaproveitam quase tudo.

Com as inundações atingiram o centro comercial de Brasiléia como um tsunami fluvial, os brasileiros descartaram de tudo: de mesas com a madeira inchada pela água, roupas e sapatos sujos de lama, fantasias, fogões, geladeiras, colchões, pedaços de vidraças estouradas pela força das águas, pacotes de alimentos e até remédios.

Tudo que aparecesse envolto em um creme cor de chocolate, mas que pudesse recuperar alguma função uma vez lavado era ente recolhido pelas famílias bolivianas, e levado para o outro lado da fronteira.

A inundação criou uma apreensão absolutamente original (e em boa parte imaginária) em Brasiléia. Nos bairros Leonardo Barbosa e Samaúma, situados em uma curva do rio Acre, a cheia ilhou os moradores brasileiros dentro do território boliviano.

“Minha família perdeu quase tudo. Estamos sem energia, sem água; estamos agora ilhados. Perdemos muito, porque não acreditamos que a água fosse subir tanto. Mas não perdemos a vida e o amor pelo Brasil. Não aceito, a esta altura da minha vida, virar boliviano”, disse Francisco Nogueira Cavalcanti, casado, uma filha, enquanto acompanhava a movimentação de uma retroescavadeira cedida pela Prefeitura, que recompunha a ligação entre os dois bairros e o Brasil. Ufa!

A cheia dos rios da região amazônica é diferente da cheia dos rios em outras regiões do país. Na bacia amazônica, as cheias fazem parte do regime hidrológico da região. Quando chove, um rio não transborda imediatamente, como acontece em São Paulo, por exemplo. Como vasos comunicantes, os rios sofrem o impacto das cheias nas regiões altas, que “descem” por gravidade para as partes mais baixas do leito fluvial.

Eis porque Rio Branco viveu em suspense toda a semana passada, acompanhando as notícias sobre o comportamento do rio Acre quando passou por Brasiléia primeiro e, depois, por Xapuri. Se subisse fortemente em Brasiléia, se mantivesse a mesma força ao varrer Xapuri, provavelmente as águas chegariam devastadoras em Rio Branco.

Foi o que aconteceu.

Fonte: Brasil de fato.
Fotos: INTERNAUTA

VEC e Ponte Preta ficaram no empate na noite desta terça-feira em 1 a 1, no estádio Portal da Amazônia, pelo jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil. Os gols da partida saíram ainda na primeira etapa. Flávio abriu o placar para os donos da casa e Fábio Santos deixou tudo igual.

Com o resultado, o VEC precisa empatar por dois ou mais gols ou vencer a partida em Campinas. Já a Ponte Preta joga por um simples empate em 0 a 0.

As duas equipes retornam a campo no próximo dia 2 de abril, às 19h30 (horário de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Quem avançar à próxima fase enfrentará o Moto Club-MA ou o Boa Esporte-MG.

O Jogo – 
Buscando pressionar o adversário desde o início da partida, o VEC entrou em campo em ritmo acelerado. E com menos de um minuto de jogo, Jonatas cruza da esquerda e Flávio aparece como ‘homem surpresa’ e cabeceia para o fundo das redes, colocando o Lobo do Cerrado em vantagem.

Aos 24 minutos, a Ponte Preta consegue chegar a igualdade. Após cruzamento da direita, o atacante Fábio Santos tem apenas o trabalho de escorar para o gol e deixar tudo igual no Portal da Amazônia.

  Aos 29 minutos, o goleiro Jamilton tenta socar a bola, mas acerta violentamente o atacante Fábio Santos dentro da área, que cai desacordado em campo. O jogador é atendido pelo departamento médico da Ponte Preta e volta a campo.

Aos 44’, Adrianinho arrisca de fora da área, mas o goleiro Jamilton se estica e coloca para escanteio. Aos 51’, Adrianinho levanta na área e Renato Chaves cabeceia livre, mas a bola vai para fora.

Para a segunda etapa, a Ponte Preta retorna a campo disposta a buscar a vitória. Logo aos seis minutos, Flávio tenta afastar o perigo e acerta a cabeça do zagueiro Marinho, que por pouco não marca contra.

  No minuto seguinte, o VEC responde. Jonatas cruza na área e Salatiel se atrapalha com a bola no momento da finalização, desperdiçando a oportunidade.

Aos 9 minutos, após triangulação no meio de campo, Danilo Neves recebe na entrada da área e finaliza, mas o goleiro Jamilton foi bem no lance e defende com segurança.

Aos poucos as duas equipes começam a sentir o pesado gramado do estádio Portal da Amazônia e diminuem o ritmo em campo. A Ponte Preta tentou ainda chegar com perigo à meta do goleiro Jamilton, mas a equipe pecou bastante nas finalizações.

Ficha Técnica
VEC 1 x 1 Ponte Preta
Local:
 estádio Portal da Amazônia (em Vilhena-RO);
Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS);
Auxiliares: 
Joadir Leite Pimenta (MT) e Valdebranio da Silva (RO); 4º árbitro: Fledes Rodrigues Santos (RO);
Público pagante: 
748 pagantes; Renda: R$ 16.074,00;
Gols: 
Flávio aos 30’’ e Fábio Santos aos 24’ do 1º;
Cartões amarelos: 
Carlinhos, Flávio, Júnior e Rai (VEC); Diego Ivo (Ponte Preta);
VEC
Jamilton; Henrique, Júnior (Pivato), Marinho e Jonatas (Carlos Vinícius); Carlinhos, Flávio, Rai e Salatiel; Roberth (Vinícius) e Roallase. Técnico: Marcio Bittencourt.
Ponte Preta-SPJoão Carlos; Jeferson, Renato Chaves, Diego Ivo e João Paulo (Junio); Josimar, Dedé, Thomás, Danilo Neves (Fágner) e Adrianinho; Fábio Santos (Vitor Xavier). Técnico: Guto Ferreira.


Fonte: Futebol do Norte 

Um dos maiores cantores da música sertaneja morreu nesta terça-feira (03). José Rico Alves dos Santos, 69, da dupla Milionário e José Rico (Os Gargantas de Ouro) sofreu um infarto fulminante e acabou falecendo nesta tarde.

Segundo a assessoria de imprensa da dupla, ele estava internado desde a manhã de hoje no Hopsital Unimed de Americana, em São Paulo, com complicações cardíacas, renais e no joelho.


No Facebook, vários artistas que tinham José Rico como ídolo prestam homenagem ao cantor que ficou famoso por escrever sucessos e cantar ao lado de Milionário músicas como Estrada da Vida, Sonhei com Você e Sonho de Caminhoneiro. O sepultamento será no Cemitério da Saudade, também em Americana.


Em Cuiabá, a dupla tinha dois shows marcados para o dia 11 de abril. O primeiro seria no evento "Villa Mix" e na sequencia eles iriam para a casa de shows "O Galpão".


hipernoticias

Vilhena: pais de alunos detêm ônibus escolares devido ao mal estado de conservação.


Ônibus não oferecem segurança a alunos, segundo os pais
imageP
or volta do meio-dia desta segunda-feira (2) dois ônibus escolares, um deles Torino branco placa JWW-0876/Vha conduzido por Leandro Ferreira Dias, 28 anos, e um de cor laranja placa AKG-9583/Vha conduzido por Edina Ferreira Lima, 37 anos, foram recolher alunos na área rural de Vilhena para transportá-los até as escolas da área urbana de Vilhena, RO.

image
Mas na Linha 144, próximo ao Bar e Mercearia Pôr do Sol, perto da torre que fica próximo à BR-364, mais de 30 pais de família impediram que os ônibus seguissem seu percurso, devido ao mal estado dos veículos.

image
A Polícia Militar foi acionada e constatou que a porta traseira do ônibus laranja estava travada com um pedaço de ferro o que representa um sério perigo para as crianças no caso de fazer uma evacuação de emergência decorrente de um acidente ou incêndio. O pára-brisas estava quebrado e a motorista não portava a documentação do veículo, minutos mais tarde foi verificado que estavam em dia. Um dos empresários da empresa terceirizada Bueno Tur que transporta alunos da rede municipal disse aos motoristas que a documentação havia sido roubada.

image
O ônibus branco também estava com o pára-brisa quebrado e os assentos soltos, podendo fazer com que as crianças se ferissem durante uma freada brusca. Tinha um pneu careca e outro com corte. Diariamente ele transporta aproximadamente 40 alunos a 4 escolas, às vezes 5.

image
Até as 12h40, aproximadamente, os ônibus foram recolhidos para a Ciretran, até esse momento a empresa não havia enviado outros ônibus para transportar os alunos. Alguns pais levaram os próprios filhos em veículo particular.

image
Ambos os motoristas perderão 3 pontos na carteira, Leandro por não portar o curso de transporte de passageiros escolar e Edina por não ter a documentação do veículo.

image
A reportagem deixa o espaço aberto à empresa Bueno Tur e a Prefeitura Municipal de Vilhena para esclarecimentos.

Da redação do Rondônia em Pauta
Célio Batista discursou na tribuna do Legislativo vilhenense.
Na sessão ordinária desta terça-feira, 3, o vereador Célio Batista (PP) defendeu o Poder Legislativo e esclareceu que todo o imbróglio envolvendo o nome da rua 1510, que levaria o nome da pioneira Sueli Almeida Bond, também conhecida como “Dengosa”. O projeto de Lei acabou sendo aprovado pelos parlamentares em sessão anterior.
Ocorre que a Rua 1510, localizada no bairro Cristo Rei, já havia sido batizada com o nome de outro pioneiro, Armindo Pinto de Macedo, através de projeto de lei do então vereador Cabo João, em 23 de novembro de 2003. O erro levou ao prefeito Zé Rover vetar o Projeto de Lei.
Na sessão ordinária, Célio Batista apresentou outro Projeto de Lei, desta vez para que a rua 1.508, localizada no mesmo bairro, leve o nome da pioneira.
Em discursar na tribuna da Casa de Leis, o vereador defendeu a Câmara, colocando toda a culpa pela falha na Secretaria Municipal de Terras (SEMTER), responsável por gerenciar e manter atualizado as ruas da cidade. “Caros colegas, o erro não partiu de nós, e sim da SEMTER, que, inclusive, admitiu o erro. Isso apenas prova a ineficiência da pasta. Esperamos que a administração pública municipal possa corrigir essa questão, porque isso não pode mais acontecer”, reclamou.

Texto e Foto: Assessoria


Os interessados devem procurar o Sine Vilhena, localizado na Avenida Celso Mazutti, n.º 5467, portando Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), cédula de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência.


· Camareira (Com Experiência)

· Calderista (Com Experiência e curso Comprovado)

· Cozinheira (Com Experiência)

· Desmontador (Com Experiência)

· Eletricista de Auto (Com Experiência)

· Inspetor de Qualidade (Técnico em Edificações)

· Lavador (Com Experiência)

· Mecânico de Moto (Com Experiência)

· Operador de Trator de Pneu (Com Experiência)

· Operador de Secador- Pontes Lacerda

· Professora Educação de Física 

· Vendedor Externo (Zootecnista/Veterinario/Agronomo)




A Marfrig, Unidade de Chupinguaia, coloca à disposição as seguintes vagas de trabalho:

Obs: Auxiliares não é necessário experiência. 

O currículo deve conter obrigatoriamente, Nome completo (sem abreviaturas) RG, CPF, data de nascimento, nome da mãe, cidade onde reside e demais informações importantes.



· Auxiliar Produção

· Auxiliar Operacional

· Auxiliar Serviços Gerais

· Dessossador

· Faqueiro

· Magarefe

· Operador de Maquinas

· E muitas outras oportunidades...





Faça uma entrevista, mande seu currículo por e-mail ou ligue.



Endereço: Estrada Projetada, Linha 119, S/N, Bairro Corumbiara, cidade de Chupinguaia.



Fone: 69 3346 1800 / 69 8129 5566








Acompanhando o crescimento de Vilhena, a Prefeitura Municipal através do Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (SAAE) construiu dois poços no setor chacareiro União da Vitória.

Os moradores do Setor Chacareiro União da Vitória, há 6 km do perímetro urbano da de Vilhena (RO), inauguraram, dia 22, domingo, com a presença do prefeito José Rover, acompanhado do Diretor do SAAE (Serviço Autônomo de Águas e Esgotos), Josafá Bezerra, dois poços profundos que irão levar água encanada para as mais de 100 famílias que residem na região.

No momento da entrega, o presidente da Associação de Chacareiros ASSCUV, João Mussi Benetti relembrou o sofrimento da comunidade com a falta d’água no local e os benefícios que o investimento irá trazer. “Neste setor a vida era muito difícil, o consumo era regrado e quase não conseguíamos produzir devido à escassez de água. Esse poço será muito bom para a comunidade. Um sonho realizado”, destaca o Sr. Benetti, morador de União da Vitória a mais de dez anos.

O projeto foi apresentado e apoiado pela SAAE, por determinação do Prefeito José Rover sendo construído o primeiro poço em 2009 e o segundo no início deste ano. “Os moradores poderão ter uma vida mais próspera. O valor das terras triplicou e a região poderá ser mais produtiva para a comunidade. A valorização trará mais qualidade de vida e progresso para estas famílias gerando emprego e renda”, afirmou o prefeito José Rover.

O único fornecimento de água que chegava à comunidade era através de carros pipa que abasteciam os reservatórios particulares das casas (caixas d’água). “Eu não sabia o que fazer primeiro com tanta água, tive de ajoelhar e agradecer a Deus na mesma hora. Só quem já viveu nossa situação entende. Estamos muito gratos”, afirma dona Tereza Lima dos Santos, residente em União da Vitória .

Segundo o diretor do SAAE, órgão responsável pela perfuração e instalação dos poços e rede encanada na região, o primeiro poço irá levar 14 km de água encanada á 70 famílias e o segundo poço, 4,5 km para 40 famílias. “Vilhena é o único município do Estado de Rondônia que leva água encanada até a Zona Rural. Todo o projeto foi possível graças à parceria da Associação e da comunidade”, ressalta Josafá Bezerra.

Acompanhando o Prefeito José Rover, estavam o secretário de educação, José Carlos Arrigo e o secretário de comunicação, Luiz Serafim, o Diretor Adjunto do SAAE, Guilherme Naré, o técnico Max Money, o Vereador Célio Batista e o Vereador e José Garcia, que esteve atento ativamente ao projeto. Após a inauguração a Associação ofereceu em gratidão um almoço com alimentos que já são produzidos na comunidade.

FONTE: SAAE ASSESSORIA






É ESTE SUPERMERCADO EXEMPLAR QUE QUEREM TRAZER PARA VILHENA.

Um rato vivo foi encontrado por clientes que faziam compras no supermercado Gonçalves, loja da Avenida Calama, no Bairro Flodoaldo Pontes Pinto, em Porto Velho, na tarde do último sábado, dia 28.
O animal, um filhote, estava em uma sessão de alimentos, sobre um pacote de 400 gramas de doce de leite.
Duas mulheres que compravam na sessão tomaram um susto quando viram o animal entre os produtos. As consumidoras chamaram outros clientes, que acionaram um funcionário da loja minutos depois.
Uma das clientes fotografou o rato enquanto a outra demonstrava “nojo” pela cena que presenciava. Um funcionário da loja chegou ao local e com um saco plástico imobilizou o animal, afirmando que levaria o fato ao conhecimento da gerência.
Um vídeo gravado mostra o momento em que o funcionário do supermercado removia o rato da sessão de alimentos. Questionado pela reportagem se o caso já havia ocorrido anteriormente, o funcionário disse que não e que estava surpreso com o fato.
Ainda na tarde de sábado a reportagem conversou com um dos gerentes identificado pelo nome de Jair. O representante do supermercado disse que a rede Gonçalves possui uma empresa contratada especificamente para manter a higiene das lojas e que naquele momento não sabia explicar o que havia ocorrido.
Na mesma loja, a reportagem foi direcionada para outro responsável, identificado pelo nome de Jalmir. O gerente disse que a empresa tinha interesse que a matéria não fosse publicada, pediu todos os contatos da reportagem para entrar em contato posteriormente, o que não foi feito.
Assista abaixo o vídeo que mostra o momento em que o funcionário do Supermercado Gonçalves captura o rato entre os alimentos.


ARAUJO ODAIR
Foto: ilustração

Autor e vídeo: Rondoniagora

Vídeo



O Advogado Dr. Epitácio Barbosa presidente Nacional do Partido Social, no terceiro encontro nacional da sigla, realizado no município de Aparecida de Goiânia, estado de Goiás, no ultimo sábado, disse que o PS, está se fortalecendo a cada dia, buscando seu registro definitivo, e com isso se credenciar a participar as eleições Majoritárias e proporcionais de 2016. (eleições municipais de Prefeitos, vice-prefeitos e vereadores).
Epitácio agradeceu a presença de todos os presidentes estaduais, bem como de coordenadores municipais, lideranças, simpatizantes falando que o partido recebe a todos de braços abertos, ressaltou que o Partido Social, não tem dono, não tem coronel, que o partido é de todos, e que o objetivo é oferecer ao povo Brasileiro uma nova opção de um partido sério, compromissado com os interesses da nação.
Mas, nesta fase, o presidente nacional fez um pedido a todos os presidentes estaduais, coordenadores municipais, lideranças do partido para que intensifiquem a coleta de assinaturas (apoiamentos), dizendo que o quantitativo de assinaturas certificadas em cartório necessita de um trabalho diariamente, para que o numero exigido na legislação partidária seja alcançado. Finalizou soltando o grito de guerra tradicional nos encontros nacionais. “Avante Família Social, a vitória é Certa”
Falou que o partido se fortalece em todos os instantes, agregando novas lideranças, inclusive já com mandatos eletivos, sendo que outras virão, agradeceu aos organizadores do terceiro encontro nacional, dizendo do sucesso alcançado, “a força que            nós demonstramos nesse grande encontro, é uma clara demonstração que estamos crescendo a cada dia, tenho certeza de que se todos os envolvidos no processo de coleta de assinaturas dobrarem os esforços, até o final de Maio, já estaremos dando entrada no nosso pedido de registro Definitivo” disse o presidente nacional.

Partido Social de Rondônia compareceu ao Terceiro Encontro Nacional.

Gomes BrasiliaO presidente do Partido Social em Rondônia, Jornalista Gomes de Oliveira, compareceu ao terceiro encontro nacional da sigla e falou que no estado o PS, já  esta presente em 27 municípios,  que os trabalhos de coleta de assinaturas estão se intensificando, acreditando que no máximo em vinte dias, já estará com as certidões do cartório em mãos com o numero que o TRE/RO exige para registro do diretório estadual.
O presidente estadual disse, já levou e entregou em mãos do secretário nacional, um número significativo de certidões expedidas pela justiça estadual, e que após atingir a numero legal exigido pela justiça eleitoral de Rondônia, passará para a segunda fase que é cumprir a meta estabelecida pela Direção Nacional do Partido. aproveitou para agradecer o empenho de todos os presidentes municipais  do estado de Rondônia, bem como das lideranças envolvidas neste grande projeto de  colher as assinaturas visando a conquista do registro definitivo  do partido em Rondônia e no Brasil.
Da Redação Folha
P2280597P2280602P2280604P2280609P2280611P2280615P2280619P2280623P2280625P2280628P2280632P2280635P2280636P2280639P2280644P2280649P2280656P2280660P2280663P2280668P2280674P2280677P2280680P2280683P2280684P2280685P2280687P2280688P2280692P2280693P2280694P2280695P2280698P2280701P2280702P2280704P2280711P2280712P2280714P2280715P2280719P2280721P2280722P2280723P2280725P2280726P2280727P2280729P2280730P2280731P2280732P2280733P2280734P2280735P2280736P2280737P2280742P2280743P2280746P2280747P2280749P2280751P2280752P2280753P2280754P2280757P2280758P2280759P2280760P2280762P2280766P2280768P2280774P2280781P2280783P2280784P2280785P2280786P2280791P2280797P2280798P2280799P2280808P2280811P2280812P2280821P2280826P2280827P2280832P2280838P2280839P2280846P2280852P2280853P2280859P2280860P2280865P2280866P2280871P2280878P2280885P2280889P2280890P2280891P2280893P2280894P2280896
 Fonte: http://www.folharondoniense.com.br/geral/3o-encontro-nacional-presidente-partido-social-diz-que-o-partido-esta-forte-e-se-preparando-para-2016/